Publicado em Deixe um comentário

Oficina de Automaquiagem Especial

Cats lindas!!! 

?

 Hoje vamos conferir mais fotos e alguns depoimentos das Cats que estiveram presentes na nossa Oficina de Automaquiagem do projeto De Bem com Você – a Beleza contra o câncer no dia 28 de agosto!!! 

?

 O evento foi super divertido, aconteceu dentro da Empresa P&G, com transporte, café da manhã, mimos, fortaleceu e criou amizades, e deixou muitas Cats com a autoestima renovada!! 

?

 Obrigada à todas que participaram! 

?

Para a Cat Kátia Lemos, foi o melhor dia do seu ano: “Eu precisava muito me sentir assim, acolhida, amada, bonitinha…Queria agradecer a todos os envolvidos pela oportunidade. A oficina caiu no Dia do Voluntariado e ao invés do nós presentearmos os voluntários que estavam ali, nós é que fomos realmente agraciadas com depoimentos, experiências, abraços, sorrisos, mimos…com uma nova holística sobre o nosso estilo de vida. Temos uma doença, sim, mas não somos a doença, temos como viver melhor e vocês nos ensinam isso através de projetos como esse. Se são 5 dias ou 5 anos não importa, o que importa é que vivamos com qualidade, em unidade e ajudando ao próximo. Agradeço e admiro todas as amigas que eu fiz e que estão lutando pela vida mesmo com prognósticos negativos. Vocês me ensinaram que o sorriso é o melhor remédio, e o sorriso maquiado é melhor ainda!”

A Cat Gleice Nara que atualmente faz radioterapia e luta contra um câncer de mama, afirmou que foi um evento divino pelo carinho como foram tratadas: “A gente sentiu a atenção das voluntárias, das funcionárias da P&G, das meninas do IQeB e das maquiadoras. Eu me senti muito acolhida! O amor que infelizmente a gente nem sempre encontra lá fora, depois do diagnóstico, eu recebi nessa oficina. Foram horas incríveis, não só pelo fato de aprender dicas de maquiagem, o mais importante foi o carinho e o aconchego que eu recebi de todas vocês. O IQeB é um projeto maravilhoso e é de grande importância para nós pacientes oncológicas ter esse apoio de vocês.”

Por último, a Cat Fátima Zambon disse: “Para mim foi maravilhoso o evento do dia 28/08 de automaquiagem, me senti linda e importante, coberta de carinho e mimada por todas as pessoas envolvidas. Eu tratei um câncer de mama e hoje faço acompanhamento do mesmo, meus últimos exames não foram muito bons, e ainda tenho que lutar contra a depressão. Foi muito importante para mim, pois saí renovada. A organização, os cuidados, o carinho…fiquei muito feliz . Foi maravilhoso mesmo. Agradeço do fundo do meu coração à todas as pessoas envolvidas nesse projeto lindo, tão importante para nós e que cada dia enfrenta um fantasma diferente!!” 

❤
❤
❤
❤
❤
❤
❤
Publicado em Deixe um comentário

QUIMIOTERAPIA SEM PERDER CABELOS POR DR. FELIPE ADES

?
?

Bom dia Cats!!  O nosso diretor científico Dr. Felipe Ades MD PhD – Oncologista escreveu essa matéria incrível sobre o método novo de passar pela quimio sem perder os cabelos. Confiram!! 

Um dos efeitos colaterais mais desagradáveis do tratamento com quimioterapia é a perda do cabelo. Apesar deste ser um efeito conhecido e esperado do tratamento, ele causa bastante desconforto e perda da autoestima em algumas pessoas, além de fazer a pessoa sempre lembrar que está em tratamento contra o câncer.

Os cabelos caem justamente pelo efeito da quimioterapia. Nós sabemos que as células do câncer se multiplicam e crescem mais rápido que as células normais do corpo. Sabendo disso, os remédios foram desenvolvidos para atacar as células que se multiplicam mais rápido, assim reduzindo os tumores e aumentando a chance de cura após a cirurgia. O problema disso é que existem células normais do corpo que também se multiplicam rapidamente como as células do sistema imunológico, por isso sempre pedimos exames de sangue durante o tratamento para acompanhar como está a imunidade. As células responsáveis por fazer crescer o cabelo também crescem rápido, logo são atingidas pela quimioterapia e o cabelo cai, depois de alguns dias do tratamento, dependendo do remédio que se use.

Normalmente os cabelos voltam a crescer algumas semanas depois do tratamento terminar mas, principalmente para mulheres, ele pode demorar bastante tempo para voltar ao comprimento que estava antes do tratamento.

No entanto existe hoje uma estratégia para tentar reduzir ou evitar a perda de cabelo, são aparelhos que causam o resfriamento do couro cabeludo durante a administração da quimioterapia. O frio faz com que os vasos sanguíneos se contraiam, assim menos sangue passa por partes do corpo que estão geladas. A ideia por trás dessa estratégia é fazer com que menos quimioterapia circule pela pele do couro cabeludo, reduzindo assim o efeito de queda de cabelo.

Máquina de resfriamento do couro cabeludo para evitar queda de cabelo durante a quimioterapia. O módulo azul é central de resfriamento do fluido. Este equipamento dispõe de duas toucas, duas pessoas podem utilizar ao mesmo tempo.

Existem vários tipos de equipamentos que fazem o resfriamento do couro cabeludo para reduzir a perda de cabelo. No nosso hospital dispomos de um aparelho que é composto de uma central de resfriamento ligada a duas toucas (veja as fotos). A touca é colocada nas pessoas antes da administração da quimioterapia e é bem presa por tiras de modo a que todas as partes do couro cabeludo estejam em contato com a touca. A máquina é então ligada e começa o resfriamento do couro cabeludo, que demora em torno de 30 minutos. Esta fase pode ser um pouco desconfortável, quando eu fiz o teste em mim mesmo foram um pouco difíceis os primeiros 15 minutos, mas depois a gente se acostuma com o frio. Após 30 minutos, os medicamentos são aplicados normalmente e a pessoa ainda fica de 30 minutos a uma hora e meia com a touca depois do término da medicação. Isto depende do tipo do medicamento utilizado.

Detalhe da touca, a parte verde clara é uma espécie de tubo por onde circula o fluido gelado, a parte cinza é colocada por cima desta touca para deixá-la bem justa ao couro cabelo e assim distribuir o frio igualmente.

O resultado é melhor em esquemas de tratamento menos intensos. Quando é necessário o uso de quimioterapia em dose densa ou altas doses ainda observamos perda de cabelos, mas menor do que quando não se usa o aparelho. Ele também não é recomendado para cânceres de pele ou linfomas de pele, visto que pode aumentar o risco de retorno da doença no couro cabeludo.

Este sou durante um teste de 30 minutos do equipamento.

Este é um dispositivo relativamente novo na medicina e cada vez mais estudos são feito. Estamos aprendendo bastante sobre o seu potencial e limitações. Já está disponível em muitos hospitais públicos e privados no Brasil. É uma estratégia bastante promissora para reduzir a perda de cabelo, reduzindo os efeitos colaterais durante a quimioterapia.

Publicado em Deixe um comentário

Atrizes que rasparam o cabelo pela arte: Natalie Portman

?
?

Bom dia, Cats!  Encerramos essa semana com uma das atrizes mais icônicas do cinema que também raspou os cabelos para interpretar uma personagem, para mostrar como a cabeça raspada não tira a beleza da mulher, muito pelo contrário! As atrizes que escolhemos ficaram maravilhosas carecas e quando o cabelão cresceu novamente, continuaram lindas, servindo de inspiração para as Cats que vão raspar ou já rasparam suas madeixas por conta da quimio. 

?

A atriz israelense/norte-americana Natalie Portman interpretou a personagem Evey no famoso filme V de Vingança. Para o papel, precisou raspar a cabeça em uma das cenas do longa. Ela gostou
tanto do visual que até resolveu manter por um tempo! 

Publicado em Deixe um comentário

Antes e Depois Onncovida: Marcia Guiraldelli

?
❤️
?️

Olá, Cats!  Hoje temos mais um dos relatos de “antes e depois” das pacientes oncológicas da visagista Rafaela Mendes, que trabalha com técnicas de harmonização do rosto e linguagem corporal, e é fundadora do Onncovida – Um amor que transforma, ajudando mulheres com câncer a se enxergarem maravilhosas no espelho durante essa fase. 

?
☺️

Cada ser humano é único. Reconhecer suas particularidades, limitações, vitórias e histórias de vida é ponto chave no Curso da Onncovida. Tudo isso é refletido na forma de se vestir e por conseguinte em nosso comportamento. Conseguimos manifestar autoconfiança no que somos, se soubermos agradecer o que eu temos e somos, o que amamos em nós, quais as cores e cortes de roupa que valorizam nosso corpo e rosto. Já pensou que no universo não tem ninguém igual a você? 

(Marcia Guiraldelli)

Publicado em Deixe um comentário

Atrizes que rasparam o cabelo pela arte: Charlize Theron

?
?

Bom dia, Cats!  Essa quinta temos mais uma atriz que raspou os cabelos para interpretar uma personagem, dessa vez do cinema, para mostrar como a cabeça raspada não tira a beleza da mulher, muito pelo contrário! As atrizes que escolhemos ficaram maravilhosas carecas e quando o cabelão cresceu novamente, continuaram lindas, servindo de inspiração para as Cats que vão raspar ou já rasparam suas madeixas por conta da quimio. 

A atriz sul-africana Charlize Theron raspou a cabeça para viver a personagem Furiosa no filme “Mad Max: Estrada da Fúria”, maior vencedor do Oscar 2016.

Publicado em Deixe um comentário

Antes e Depois Onncovida: Maria de Fátima Borges

?
❤️
?️

Boa tarde, Cats!  Hoje temos mais um relato de “antes e depois” de uma das pacientes da Rafaela Mendes Mendes, que é visagista, trabalha com técnicas de harmonização do rosto e linguagem corporal, e fundadora do Onncovida – Um amor que transforma, ajudando mulheres com câncer a se enxergarem maravilhosas no espelho durante essa fase. 

?

Vestir, é muito mais do que colocar uma roupa. Cada peça de roupa tem um corte, uma cor, detalhes que descrevem um tipo de comunicação que queremos “falar”, para nós e para o mundo. No Curso Onncovida, temos ferramentas que orientam as mulheres a saberem as cores que mais as valorizam, as roupas que mais se adequam ao seu estilo e necessidade de vida. Sabiam que a linguagem corporal tem um impacto de 55 % na nossa comunicação. Se nos sentimos bem, felizes, o corpo vai dizer o quê, mesmo? 

(Maria de Fátima Borges)

Publicado em Deixe um comentário

Antes e Depois Onncovida: Sandra Maria Domingos

?
❤
?

Boa tarde, Cats!  Essa semana teremos alguns relatos de “antes e depois” das pacientes da Rafaela Mendes, que é visagista, trabalha com técnicas de harmonização do rosto, e fundadora do Onncovida – Um amor que transforma, ajudando mulheres com câncer a se enxergarem maravilhosas no espelho durante essa fase. 

Um antes e um depois – a transformação que não precisa ser somente visível, pode e deve ser sentida também. O que sentimos sobre nós mesmos vai influenciar a forma como nos relacionamos com a gente e com os outros. E o inter-relacionamento é influenciado por nossas posturas e atitudes. Falamos muito destes ensinamentos no Curso Onncovida. Se permitir olhar para dentro, se autoconhecer, se autorrespeitar é a base de tudo. As formas e linhas da roupa, a cor e os detalhes são uma das formas não verbais que usamos para completar nosso comportamento e nossa comunicação verbal.
(Sandra Maria Domingos)

Publicado em Deixe um comentário

Atrizes que rasparam os cabelos pela arte: Carolina Dieckmann

?
?

Boa tarde, Cats!  Essa semana falaremos sobre atrizes que rasparam seus cabelos para interpretar alguma personagem em novelas ou filmes, e como a cabeça raspada não tira a beleza da mulher, muito pelo contrário! Essas atrizes ficaram maravilhosas carecas e quando o cabelão cresceu novamente, continuaram lindas, servindo de inspiração para as Cats que vão raspar ou já rasparam suas madeixas por conta da quimio. 

A atriz Carolina Dieckmann, que viveu a personagem Camila na novela “Laços de Família”, em 2000, raspou os cabelos devido ao tratamento quimioterápico vivido por sua personagem que sofria de leucemia.

A atriz Carolina Dieckmann de cabelo raspado e após o crescimento das madeixas. Foto por: Divulgação
Publicado em Deixe um comentário

Sutiãs para mulheres mastectomizadas

mastectomia é a retirada total ou parcial da mama, é a opção mais segura para tumores extensos. Segundo o Datasus, cerca de 63 mil mulheres fizeram a cirurgia de remoção dos seios para tratamento contra o câncer nos últimos cinco anos.

Não bastasse o baque psicológico e físico das mulheres que passam por tal procedimento, elas ainda esbarram num grande problema, a falta de sutiãs especializados para essas pacientes no mercado. Logo no hospital, algumas pacientes entram em contato com as pesadas e desconfortáveis amostras de sutiãs com prótese. Muitas encontram como solução recorrer ao bom e velho improviso com os sutiãs comuns.

Devido a pouca demanda, há pequeno interesse por parte das empresas em criar linhas para as mulheres mastectomizadas. O que, na verdade, não passa de uma percepção errada, já que, segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, menos de 10% das mulheres que precisam passar pela retirada de mama, saem da cirurgia com os seios reconstruídos.

Em 2016, uma parceria entre a Plié, empresa de roupas íntimas, e o Instituto Oncoguia, organização que oferece apoio e orientação para pessoas com câncer, criou um sutiã desenvolvido a partir das orientações de médicos e tem o objetivo de trazer o máximo de conforto possível sem prejudicar o tratamento.

O tecido utilizado para fabricar o produto passa por um processamento especial, que facilita a respiração da pele e acelera a cicatrização de cortes cirúrgicos. O sutiã também permite diferentes regulagens e tem um bom espaço para o encaixe da prótese. O legal é que parte do dinheiro obtido com a venda será revertido para o próprio Instituto Oncoguia!

Pensando em resgatar a autoestima das mulheres que passam por esse procedimento, a estudante de moda Ana Claudia Nalini, criou uma coleção de lingerie retrô, feita especialmente para este público. Ela alia estilo e conforto e foi inspirado pelo Instituto Quimioterapia e Beleza!!

Com a referência da moda dos anos 50, a linha ganhou um belíssimo ensaio fotográfico com a minha participação e das Cats do Hospital Pérola Byington, especialista mastologia, localizado na capital paulista.

Os médicos especialistas recomendam o uso do sutiã com prótese, a fim de evitar problemas na coluna, já que a falta de uma mama pode fazer com que um ombro fique caído.

Fontes: Vencer o Câncer, Revista Saúde, Catraca Livre.

Publicado em Deixe um comentário

Dicas para quem usa maquiagem durante tratamento

Nossa Cat e fisioterapeuta Marcia Aquino separou mais algumas dicas sobre saúde e beleza para todas nós!

Márcia também é acupunturista e professora de dermato-funcional, especializada pelo INCA em fisioterapia em oncologia e Boiética no Instituto Fernandes Figueira. Se você ainda não conferiu sua história como paciente, é só clicar aqui.

Agora, as dicas:

Usar ou não usar maquiagem durante o tratamento oncológico? Eis a questão!

Mesmo utilizando a brincadeira de parafrasear Shakeaspeare, o assunto é sério, mas pode ser divertido também.

Durante o tratamento oncológico, principalmente durante a quimioterapia, onde podemos ter uma queda no sistema imunológico, a dúvida persiste em algumas pessoas.

De uma forma geral, não existe contraindicação no uso de maquiagem durante a quimio, mas é importante ressaltar que existem sim cuidados a serem tomados!

Cuidar-se, de forma geral, é importante em qualquer fase da vida. Maquiar-se deve ser uma diversão, mas também uma forma de cuidar de sua imagem pessoal, não uma obrigação.

Existem pessoas que não gostam de se maquiar e não querem. Existem outras que, durante a fase do tratamento, descobrem a maquiagem como uma forma de ajudar a cuidar das imperfeiçoes da pele, atenuar a expressão, corrigir ou criar uma nova sobrancelha, etc.

Não vou entrar nessas questões no artigo. O objetivo aqui é ajudar você que adora maquiagem ou que está começando a descobri-la, conservar os cuidados com a pele e utilizar a maquiagem de forma segura.

Assim, aqui vão 10 dicas para quem usa maquiagem durante o tratamento com câncer (basicamente para todas que usam maquiagem no dia a dia):

1 – Nunca durma de maquiagem. Use demaquilante e lave bem o rosto;

2 – Durma com a pele limpa e hidratada;

3 – Hidrate sempre a pele e use protetor solar antes da maquiagem, ou produtos que tenham FPS. Também não se exponha muito ao sol;

4 – A higiene de seus pincéis é fundamental, lave-os regularmente;

5 – Produtos fora do prazo de validade não são aconselhados, pois podem conter fungos e, durante o tratamento, como estamos mais vulneráveis às infecções, os riscos são maiores;

6 – Guarde bem os seus produtos bem tampados e em local adequado, de preferência longe do banheiro onde encontramos mais bactérias;

7 – Cuidado e higiene ao manusear seus produtos. Não de deixe-os abertos por muito tempo, lave as mãos antes de usá-los, não utilize pincéis sujos;

8 – Parabeno, chumbo e outros componentes não são recomendados, e já vêm sendo abolidos de países como os Estados Unidos há algum tempo. Leia a composição de seu produto e pesquise se eles podem ser nocivos. Seu dermatologista também pode ajudar;

9 – Alimente-se bem, hidrate-se (principalmente com água), faça atividade física adequada. Esses são fatores que ajudam muito a beleza da pele;

10 – Cuide de suas emoções, humor, medite, veja comédias ou tenha bons livros, crie ou peça ajuda para criar mecanismos contra o estresse.

Lembre-se: a beleza vem realmente vem de dentro (ou como queira dizer: vem da alma, vem do espirito). Quando estamos bem passamos essa beleza para o exterior.

Eu sei… Durante o tratamento passamos por muita fase difícil e por isso devemos procurar ajuda sempre. Resiliência é fundamental em qualquer momento da vida. Mas, cuidar-se de si, usar uma linda maquiagem e transforma-se tem ajudado muitas mulheres nessa fase a redescobrirem-se.

Portanto, maquiar-se ou não maquiar-se? A decisão é sua, mas cuide de sua pele, converse sempre com seu dermatologista e informe-se.