Publicado em Deixe um comentário

CONHEÇA OS QUATRO SUBTIPOS DE CÂNCER DE MAMA E AS ESTRATÉGIAS DE TRATAMENTO PARA CADA UM DELES POR FELIPE ADES

Bom dia Cats!!  O nosso diretor científico Dr. Felipe Ades – Oncologista fez uma matéria que vale a pena ler nos informando sobre os quatro subtipos de câncer de mama e as estratégias de tratamentos que existem para combater cada um deles. Confiram!! 

No começo dos anos 2000 os cientistas, analisando o DNA de diversos tumores da mama, identificaram que o que nós classificávamos como câncer de mama não era uma doença única, com pequenas diferenças de pessoa para pessoa, mas sim 4 doenças diferentes. Foi identificado que esses quatro tipos de câncer de mama têm características moleculares, comportamento biológico e resposta a tratamentos diferentes.

Os cânceres de mama foram classificados como câncer de mama luminal (A e B), câncer de mama HER2 positivo e câncer de mama triplo negativo. Esses nomes foram dados de acordo com as características das células cancerosas.

Os cânceres luminais apresentam receptores de hormônios femininos, sendo bastante responsivos a tratamentos hormonais com medicamentos como o Tamoxifen, Anastrozol (nome comercial Arimidex), Letrozol (nome comercial Femara) entre outros. Estes são os cânceres de mama mais comuns. Eles são divididos entre luminal A, caso seja uma célula que cresça lentamente, e luminal B, caso seja uma célula que cresça mais rapidamente. A quimioterapia tem pouco efeito nesses tipos de câncer, mas funciona um pouco melhor nos cânceres luminais B.

O câncer de mama HER2 positivo apresenta o receptor HER2 na membrana celular. Este tipo de doença apresenta um crescimento mais acelerado e tinha uma resposta ao tratamento bastante ruim, antes do desenvolvimento dos medicamentos que bloqueassem o HER2. Depois do desenvolvimento do medicamento Trastuzumab (nome comercial Herceptin) o tratamento do câncer de mama HER2 positivo melhorou dramaticamente e hoje conseguimos boas taxas de cura e controle de doença quando usamos a quimioterapia em conjunto com o Trastuzumab. Hoje existem vários medicamentos que agem bloqueando o HER2, como o Lapatinib (nome comercial Tykerb), o Pertuzumab (nome comercial Perjeta) e o TDM1 (nome comercial Kadcyla).

O último subtipo de câncer de mama é conhecido como câncer de mama triplo negativo. Ele tem a característica de não apresentar receptores hormonais (de estrogênio e de progesterona) e não apresentar o HER2. Justamente por não apresentar estes 3 receptores, é chamado de triplo negativo. Como ele não apresenta receptores, as medicações descritas anteriormente não funcionam. O principal tratamento desta doença se faz com a quimioterapia. Hoje existem muitas pesquisas sendo feitas para desenvolver novos medicamentos para o câncer de mama triplo negativo, como os inibidores da PARP e os bloqueadores do receptor de androgênio. Estes medicamentos seguem em estudos e ainda não estão disponíveis no dia a dia.

É importante notar que o tratamento com cirurgia e radioterapia é o mesmo para todos os tipos de câncer de mama, o que muda são os tipos de medicamentos que podemos fazer.

Publicado em Deixe um comentário

MAMAS DO AMOR

O câncer de mama é hoje, o tipo mais comum entre as mulheres, no mundo e no Brasil, respondendo por cerca de 25% dos casos novos de câncer, a cada ano.  A Fernanda Aguiar foi diagnosticada com câncer de mama em 2016, realizou a mastectomia e colocou a prótese interna. Mas o que ela não esperava aconteceu: houve uma infecção, e ela teve que retirar. Foi quando ela buscou comprar próteses mamárias externas, mas eram caríssimas! Pesquisou muito e decidiu fazer as próprias próteses externas – que seriam colocadas no sutiã. Com muita pesquisa, ela aprendeu a fazer uma prótese mamária em casa e deu super certo! Ela conta: “Constatei que os decotes das roupas me caíam bem novamente e de uma forma simples, recuperei minha autoestima. As próteses externas, se moldam perfeitamente ao peito, não esquentam, não incomodam e devolvem a aparência estética natural de uma mama no sutiã.
Descobri, que uma maneira rápida, eficiente e de baixo custo é a manufatura da prótese externa, feita com alpiste. Quero compartilhar essa ideia, com outras mulheres, que como eu, desejam seguir adiante, com coragem e determinação.”

E foi assim que nasceu o projeto!!  Hoje a ONG Mamas do Amor atende o mundo todo! Aumenta a autoestima e a confiança de milhares de mulheres, que passaram por momentos tão difíceis! A meta é doar cada vez mais próteses para mastectomizadas.

Para saber mais sobre o projeto e apoiar, acesse: www.mamasdoamor.com Para solicitar uma prótese também é pelo site.

Publicado em Deixe um comentário

Micropigmentação auxilia a reconstrução mamária após tratamento de câncer

Um dos principais símbolos da nossa feminilidade é a mama, e ao realizar a mastectomia isso tem um grande impacto na autoestima para pacientes com câncer de mama. Felizmente, com os avanços da medicina já existem vários modos de reconstruir a mama após esse procedimento, utilizando próteses de silicone, expansores, entre outros. No caso de pacientes que precisam reconstruir as aréolas, existe a micropigmentação, que é um procedimento parecido com a tatuagem e refaz o desenho da aréola sobre a pele.

Esse procedimento por não ser cirúrgico, pode ser realizado por profissionais da saúde ou até um artista especializado. Essa técnica não reconstitui o tecido e as terminações nervosas, portanto não há sensibilidade na região.

Consulte sempre seu médico antes de fazer qualquer procedimento, esse procedimento é contra indicado em caso de alergia à tinta utilizada no procedimento. A micropigmentação é recomendada fazer após 3 meses da última cirurgia reconstrutora, pois assim há tempo suficiente para a pele cicatrizar completamente.

A micropigmentação pode descolorir com o passar do tempo, por isso é recomendado retoque a cada 2 anos.

Fonte:( AC Camargo)

Por: Marcella Meneghetti

Publicado em Deixe um comentário

APLICATIVO DE CELULAR PARA LEMBRAR-SE DO AUTOEXAME

App "Your Man Reminder"

A instituição canadense Rethink Breast Cancer (Repense o Câncer de Mama) lançou um aplicativo para celular que lembra as mulheres que elas precisam fazer o autoexame de mamas, além de informações sobre como detectar o câncer de mama em estágio inicial e agenda para consultas médicas.


O aplicativo chamado “Your Man Reminder?” esta disponível para sistema IOS e Android e tem um diferencial para atrair as mulheres: ele usa homens sensuais para incentivá-las a verificar se existe algo de errado. As usuárias podem escolher o homem que mais as atraem e ele irá lembrá-las de cuidar dos seios.


A equipe QeB testou e aprovou as funções, porém não existe versão em português.