Publicado em Deixe um comentário

Como ser uma pessoa saudável e enfrentar adversidades de doenças?

Olá meninas, queridas guerreiras, mulheres poderosas!

Vamos falar de saúde?
Qual a minha parcela de contribuição para ser uma pessoa saudável e poder enfrentar as adversidades de doenças que podem nos acometer?

Muitas vezes a gente não consegue controlar as circunstâncias externas em nossas vidas, mas podemos controlar nossas reações a elas.
Lembrem-se que a única constante na vida é a mudança… Então, devemos nutrir nossas forças internas e estar preparadas para enfrentar as adversidades, as dúvidas e incertezas.

“A adversidade forja o espírito”. Encare sempre como um desafio a ser superado, uma coisa de cada vez, e use sua respiração para oxigenar o seu “self interior”. Cada vez que respira e enche e oxigena seu abdômem, a energia recarrega todo o seu ser como um pássaro que abre suas asas para o voo desafiante e inovador. Inspire e deixe o ar sair e levar suas inseguranças e incertezas, sinta-se mais poderosa e corajosa, a próxima respiração vem automaticamente e o diafragma se recompõe.

Faça uma contagem regressiva de dez a um, concentre-se na sua respiração e pense no seu poder interior, na sua força e capacidade de superação. A prática de tais respostas de relaxamento durante o dia podem ajudar a reforçar a sensação de controle e escolha.

A boa saúde é fruto tanto de fatores físicos como mentais e você pode usar de práticas para melhorar sua saúde, como fazer exercícios físicos, comer pouco açúcar e muita fibra, meditar e imaginar-se sempre como alguém saudável, ser paciente, ficar atento aos ensinamentos da vida e ter a certeza de a vida está em constante mudança e o que parece impossível hoje, amanhã poderá ser diferente e abrir novos caminhos e oportunidades.

“Permitir-se não saber o que vai acontecer, possibilita que sua mente se abra para novas possibilidades.”

Procure fazer das atitudes e práticas aqui mencionadas como parte da sua rotina, e assim, gradativamente, e com muito treino e persistência, você irá se fortalecendo e se tornando uma pessoa mais forte e saudável.
Simples assim…

Boa sorte e um grande abraço a todas.
Diana Vilas Boas
Coach em resiliência

Publicado em Deixe um comentário

Natal Saudável 2

Hoje trago como dica um prato principal incrível, que vai conquistar qualquer um.

Todas as receitas foram publicadas pelo Webrun.

Lasanha de abobrinha e berinjela

Ingredientes

2 abobrinhas em fatias finas
2 berinjelas em fatias finas
300 g de muçarela de búfala
1 xícara de manjericão fresco
½ xícara de punhado de hortelã fresca
3 kg de tomate italiano fresco
1/3 cenoura
1/3 de alho poro
½ cebola
Sal e pimenta cayena a gosto
½  xícara de azeite
1 xícara de azeite extra virgem
1 dente de alho

Modo de preparo

Corte os tomates em cubos e coloque em uma panela com a cenoura, alho poro e a cebola (os três inteiros, sem picar) e deixe apurar em fogo médio ate que atinja a textura de molho desejada. Quando finalizado acerte o sal e pimenta, e as folhas de manjericão e reserve.

Bata no liquidificador o manjericão, a hortelã, as nozes, o dente de alho e o azeite, até atingir a consistência cremosa. Acerte o sal e pimenta e reserve. Sele as berinjelas e abobrinhas em uma grelha para evitar que soltem muita água. Monte uma camada de molho de tomate, uma de abobrinha, uma de molho de tomate, uma de berinjela, uma de molho pesto e uma de muçarela e vá alternando, sempre finalizando com a muçarela. Leve ao forno pré-aquecido a 180° até gratinar. Retire e sirva.

Publicado em Deixe um comentário

Sarcoma: entenda o que é e como identificá-lo

Instituto Oncoguia fez uma série de matérias explicando detalhadamente o que é o Sarcoma, como identificá-lo, tratá-lo e todas as informações que é preciso saber para entender mais sobre a doença.

O sarcoma é um tipo de câncer que se desenvolve a partir de certos tecidos, como osso ou músculo. Os dois tipos principais são os sarcomas ósseos e os sarcomas de partes moles.

Os sarcomas de partes moles podem se desenvolver a partir de tecidos, como músculo, gordura, nervos, tecidos fibrosos, vasos sanguíneos ou tecidos mais profundos da pele. Eles podem ser encontrados em qualquer parte do corpo, mas a maioria se desenvolve nos braços ou pernas.

Também podem ser encontrados no tronco, cabeça e pescoço, órgãos internos e no retroperitônio (área em volta da cavidade abdominal). Os sarcomas não são tumores comuns e sua maioria é denominada carcinoma.

Existem muitos tipos de tumores de partes moles, mas nem todos são malignos. Quando o termo sarcoma é parte do nome da doença, significa que o tumor é maligno. Alguns tumores de partes moles se comportam tanto como malignos e benignos e são denominados intermediários.

Condições similares aos Tumores de Partes Moles

Algumas condições das partes moles são causadas por inflamação ou lesão e podem formar uma massa semelhante a um tumor. Ao contrário de um verdadeiro tumor, eles não vêm de uma única célula anormal, têm capacidade limitada para crescer ou se espalhar para os tecidos vizinhos, e nunca se disseminam através da corrente sanguínea ou do sistema linfático. A fasceíte nodular e a miosite ossificante são dois exemplos que envolvem tecidos sob a pele e os tecidos musculares, respectivamente.

Se você tiver sintomas ou outras razões clínicas que sugerem um sarcoma de partes moles, o médico solicitará exames de sangue e de imagem para diagnosticar a presença (ou não) da doença.

Histórico Clínico e Exame Físico

Durante a consulta será perguntado seu histórico clínico completo, incluindo informações sobre os sintomas apresentados, possíveis fatores de risco, histórico familiar, e outras condições clínicas.
Será realizado um exame físico completo onde o médico buscará por sinais de sarcoma ou outros problemas de saúde.

Mais da metade dos sarcomas começam em um braço ou perna. A maioria das pessoas apenas nota um caroço que cresceu ao longo do tempo (semanas ou meses), muitas vezes indolor.

Os sintomas dos sarcomas que se desenvolvem no retroperitônio geralmente são devido a outros problemas de saúde. Às vezes, os tumores podem causar dor, obstrução intestinal ou sangramento digestivo. Cerca de 20% dos sarcomas se iniciam no abdome.

Ao redor de 10% dos sarcomas se iniciam no tórax ou abdome e outros 10% na área da cabeça ou pescoço.

Os principais sintomas de um sarcoma são:

  • Nódulo em desenvolvimento em qualquer lugar do corpo.
  • Dor abdominal que piora com o tempo.
  • Sangue nas fezes ou vômitos.
  • Fezes escuras.

Estes sinais e sintomas são frequentemente provocados por outras patologias, mas mesmo assim devem ser investigados por um médico para que a causa seja diagnosticada e, se necessário, iniciado o tratamento.

Procure seu médico se você identificar qualquer um desses sintomas.

FONTE: INSTITUTO ONCOGUIA

Publicado em Deixe um comentário

O QUE É CATETER? TIRE SUAS DÚVIDAS!

Esses dias falei que fiz minha limpeza de cateter e muitas cats perguntaram sobre! Então que tal acabar com as dúvidas sobre cateter? Falaremos tudinho aqui!

O cateter é um tubo especial que é inserido numa veia maior e é conectado a um reservatório que fica implantado debaixo da pele e pode ser deixado neste local por muitos meses, até anos dependendo da qualidade. É colocado em cirurgia com anestesia, você não vê nada pois ela te bota pra dormir.Antes da operação é só ficar por volta de seis horas de jejum. Quando você conversar com seu médico ele explica direitinho o que será feito no processo cirúrgico… Eu costumo brincar que é praticamente uma entrada de USB, e que quando você for para a quimioterapia, é só conectar e pronto! Assim tudo fica mais fácil! O cateter deixa uma veia sempre acessível, excluindo a necessidade do uso dos braços para aplicação de injeções e de várias punções para procurar veias (até porque quem for fazer quimioterapia por algum tempo, pode causar alguma inflamação nas veias do braço se for muito usadas). Se para tirar sangue já é uma dificuldade, imagine se tivessem que achar minha veia para cada sessão de quimio? Ninguém merece né? Já vi muita gente sofrendo por receber a medicação na veia: elas entopem, mancham a pele e judiam muito os teus braços (isso quando as sessões são longas).

Ele fica embaixo da pele, não fica exposto, e se o médico for bem cuidadoso só vai ficar a marquinha dele em um lugar que dê para esconder facilmente.  Na hora da anestesia eu estava nervosa, e enchi o saco do meu médico explicando pra ele como eu queria que ficasse: não podia ficar pra fora, parecendo uma tampinha de garrafa e tinha que ficar bem embaixo da alça da blusa.E então ficou do jeito que eu queria, quase imperceptível! Claro que depois da cirurgia tem que tomar alguns cuidados como limpeza, pouco esforço e curativo até cicatrização, mas depois fica tranquilo! Não incomoda, você pode dormir em qualquer posição e realizar tuas atividades que ele não sai do lugar (só claro, não entre em nenhuma briga ou algo assim né?).

Por ser algo que colocamos, alguns corpos podem rejeitar, então fique sempre atenta e fale com seu médico se surgir qualquer desconforto. Uns dias depois da colocação ficará inchadinho, um pouco roxo, mas ele realmente deixa tudo mais simples na quimioterapia. Quando não utilizado, tem que fazer a limpeza dele com uma solução anticoagulante (heparina) para não entupir. Eu ainda não retirei meu cateter, mas pelo que sei é mais simples que colocar. Normalmente, o cateter é retirado dentro de um período de 6 meses a dois anos após o término do tratamento.Já completei 15 meses sem quimioterapia (Ufa!) e conversei com meu médico e combinamos de tirar ano que vem.

Você também tem um cateter? Onde? O meu me ajudou muito, então tenho muito carinho por ele!

Fonte: Oncoguia

Publicado em Deixe um comentário

MUCOSITE

Olá meninas,

A mucosite é um sintoma que pode ocorrer tanto no tratamento com quimioterapia quanto com radioterapia. Ela é uma inflamação da mucosa e, por isso, pode levar à feridas dolorosas nas regiões da boca e do trato gastrointestinal.

Hoje vamos falar da mucosite oral que, pela região afetada, pode fazer com que a ingestão alimentar fique prejudicada. É importante sempre lembrar da importância em se alimentar mesmo com essa ferida. Algumas estratégias podem ser utilizadas para aliviar esse sintoma e favorecer a alimentação:

– Modificar a consistência das preparações para que essa seja mais macia e pastosa, como purês, cremes, vitaminas etc.;

– Evitar consumir alimentos secos e duros, difíceis de engolir, como bolachas, torradas etc;

– Diminuir ou eliminar o consumo de temperos industrializados com grande quantidade de sal, além de outros condimentos naturais fortes, como pimentas;

– Não consumir alimentos cítricos, como limão, laranja, abacaxi;

– Utilizar canudo para beber líquidos;

– Beber bastante água;

– Manter a higiene oral adequada;

– Evitar preparações à temperaturas muito quentes, preferindo sempre à temperatura ambiente ou fria;

– Veja no local que você realiza a Quimioterapia se eles também fazem a Crioterapia, que nada mais é do que aplicação de gelo na região da boca antes e durante a sessão;

– Que tal se refrescar em casa e ajudar a aliviar os sintomas? Você pode congelar frutas picadas, como banana e morango e batê-las no liquidificador com um pouco de leite ou água, fazendo um cremoso sorvete de frutas. Outra fruta bacana é a manga. Você pode cortá-la e congelá-la, depois bater no liquidificador com um pouco de água e colocar algumas folhas de hortelã para dar mais sabor. Você pode deixar esses sorvetes um pouco fora da geladeira antes de consumir, para que a temperatura não esteja muito gelada e não incomode.

Por: Bruna Diniz, nutricionista.

Publicado em Deixe um comentário

NEUTROPENIA

Olá meninas,

A neutropenia é uma redução significativa do número de neutrófilos no sangue, um tipo de glóbulo branco que nos ajuda a combater infecções e, por isso, o risco de uma infecção nessa condição é maior. Hoje vamos falar de alguns cuidados para quem desenvolveu a neutropenia durante o tratamento antineoplásico.

A higienização correta das frutas, verduras e legumes é super importante, mesmo se você for consumi-las cozidas ou sem casca.

  • Primeiramente, lave-os bem em água corrente para retirar as sujeiras visíveis.
  • Depois, você poderá escolher entre dois produtos: ou a água sanitária que pode ser utilizada em alimentos (você encontrará essa informação no rótulo do produto), na quantidade de 1 colher de sopa para 1 litro de água, deixando agir por 20 minutos; ou você poderá utilizar o Hipoclorito de Sódio, fácil de encontrar perto da seção de hortaliças nos supermercados, e a quantidade de gotas para ser utilizada vem informada no rótulo, é só seguir as instruções do fabricante quanto à quantidade e tempo de ação.
  • Por último, você irá enxaguar os alimentos novamente em água corrente. Aí sim ele estará adequado para consumo.
  • Sempre que possível, consuma frutas sem a casca. Você pode escolher frutas que naturalmente são consumidas sem a casca, como o mamão, laranja, tangerina, abacate e banana ou descascar outras de sua preferência;
  • Prefira consumir verduras e legumes cozidos ou refogados ao invés de crus;
  • Lembre-se de consumir leites e derivados pasteurizados. Hoje em dia,  obrigatório que todo o leite e derivado seja pasteurizado, portanto, os produtos que vocês encontram em mercados deverão estar de acordo com a lei. Mas caso você compre algum produto mais caseiro e não saiba exatamente a procedência, o melhor é não consumi-lo;
  • Não consuma iogurtes e leites fermentados. Esses produtos levam microrganismos em sua composição e embora sejam saudáveis para a população em geral, na neutropenia eles podem piorar a condição;
  • Cozinhe muito bem as carnes e os ovos antes de consumi-los;
  • Não consuma oleaginosas como nozes, castanhas, amêndoas etc.;
  • Não consuma chás em sachês nem em folhas secas;
  • Sempre beba e utilize água potável ou filtrada em suas preparações;
  • Respeite sempre o prazo de validade dos produtos;
  • Evite consumir carnes cruas e mal passadas;

Por: Bruna Diniz, Nutricionista, CRN-3 45820/P.

Publicado em Deixe um comentário

AI, A FADIGA!

A fadiga também pode te atormentar durante o tratamento e as vezes até depois. É uma sensação de cansaço que pode atrapalhar no dia a dia: você se sente exausta para tudo, desde as coisas mais simples como tomar banho. Pode não ser o efeito colateral mais conhecido, mas é o mais comum entre pacientes em tratamento de câncer.

É uma sensação péssima! Como se você estivesse tão cansada que tudo é muito difícil de fazer. Mas você pode tentar amenizar com algumas coisinhas, como:

  • Busque melhorar seu sono: as vezes é tanto estresse, que seu sono acaba prejudicado. Pior ainda se você sofre de insônia. Mas que tal tentar melhorar a qualidade dele? Antes de dormir, evite a cafeína e procure relaxar, troque a televisão por uma música calma e luzes apagadas, por exemplo.
  • Converse com seu médico sobre a sua sensação, é importante que ele saiba o que está acontecendo com você. E se estiver muito abalada emocionalmente com a fadiga, por não conseguir fazer o que antes você fazia, busque terapia. A ajuda de um psicólogo pode fazer bem.
  • Se você não se sente tão bem para o trabalho ou atividades domésticas, então respeite seu corpo. Você não precisa fazer como fazia antes. O tratamento é exaustivo, é normal estar cansada.
  • O seu corpo pode funcionar melhor pela manhã ou pela tarde ou pela noite. Tente compreendê-lo, quando ele está mais disposto ou não.
  • Você pode e deve descansar! Afinal, qual o problema de dar uma pausa durante o dia?
  • Busque fazer aquilo que te dá prazer!
  • Converse com seu médico sobre atividade física. Uma caminhada durante o dia, já pode te ajudar muito!
  • Use uma agenda, planeje seu dia. Assim fica mais fácil entender o que você precisa fazer e o que não é tão necessário assim.

Isso muda com o tempo, viu Cats? Força!

Publicado em Deixe um comentário

ANEMIA

A anemia também é um efeito colateral, que pode ou não ser o seu caso. Ela acontece quando o número de glóbulos vermelhos diminui abaixo do calor normal. Pode ser por causa do efeito da quimioterapia e radioterapia na medula óssea, ou por causa de células cancerígenas que se alojaram dentro dela. Pode ser causada também por sangramentos ou falta de alguns nutrientes.

Independentemente da causa, é essencial que haja cuidados, porque anemia não é brincadeira! Essa queda de glóbulos vermelhos pode causar sonolência, palidez, cansaço, dor de cabeça e falta de ar. Esses são só alguns sintomas. Isso porque o glóbulo vermelho contém hemoglobina, que é responsável por carregar o oxigênio para as partes do corpo. Se tem pouca hemoglobina, algumas partes do corpo podem  receber menos oxigênio e não funcionarem corretamente. Para saber se você está com anemia, seu médico pode realizar um exame de sangue chamado hemograma, que verifica a contagem de glóbulos vermelhos e de hemoglobina.

A anemia muitas vezes precisa ser tratada com reposição de nutrientes, se esta for a causa dela, com fatores que estimulam a medula óssea a produzir mais hemoglobina, e em alguns casos, quando o índice de hemoglobina está muito baixo, pode ser necessário transfusão de sangue.

Mas, de qualquer forma, se você está com anemia, veja nossas dicas:

  • Cuide da alimentação! Converse com seu médico sobre isso. A ingestão de alimentos ricos em vitamina B12, vitamina C, ferro ou ácido fólico podem ajudar no combate da anemia.
  • Descanse! Tire pausas para você durante o dia.
  • Um sono de qualidade durante a noite é benéfico. Evite a cafeína nesse período.
  • Peça ajuda se estiver muito cansada. Não há problema nenhum em pedir ajuda!
Publicado em Deixe um comentário

DISGEUSIA

Olá meninas,

Hoje vamos dar continuidade sobre alimentação para atenuar os sintomas do tratamento. No último artigo nós falamos sobre náuseas e vômitos e hoje vamos falar sobre a disgeusia. Essa palavrinha difícil nada mais é do que a alteração ou diminuição do paladar. Aqui vão algumas dicas para diminuir esse sintoma e melhorar a ingestão alimentar:

  • Utilize ervas aromáticas e especiarias para dar mais sabor às preparação (salsinha, cebolinha, pimenta do reino, alecrim, páprica, manjericão etc.). Caso você tenha outros sintomas como feridas na boca, não utilize esses temperos!
  • Utilize gotas de frutas cítricas (limão e laranja) para temperar saladas incrementar os sucos de frutas, a salada de frutas, a água e chás. Caso você tenha outros sintomas como feridas na boca, não utilize os cítricos!
  • Teste passar água na boca, fazendo um bochecho, antes das refeições. Isso pode ajudar a melhorar o paladar dos alimentos.
  • Sempre tente fazer as refeições na companhia da família e/ou de amigos. Refeições com pessoas que amamos são sempre mais prazerosas e nos ajudam a passar pelas dificuldades do processo.
  • Descubra os alimentos que te deem mais prazer em comer e os consuma com uma maior frequência, variando os modos de preparo.
  • Experimente fazer um azeite aromatizado. Coloque raminhos de alecrim dentro da garrafa de azeite; fica super cheiroso e dá sabor às preparações.
  • Faça várias refeições ao dia (de 6 a 8 refeições), em pequenas quantidades. É importante também respeitar e ouvir o seu corpo e flexibilizar os horário das refeições: Coma quando estiver com fome! Isso vai ajudar a aumentar o consumo alimentar.
  • Utilize talheres de plástico se os alimentos tiverem gosto metálico. Normalmente a carne vermelha acaba deixando um gosto metálico na boca quando consumida e sua ingestão se torna complicada. Substitua por frango, peixe, ovos, queijos e proteínas de origem vegetal, como as leguminosas (ervilha, feijões, grão de bico etc).

Aqui vai uma receitinha super fácil, sem carne, de torta de grão de bico com recheio de palmito. O recheio você pode variar de acordo com as suas preferências e o que tiver na geladeira! Aproveite para caprichar nos temperos:

Ingredientes da Massa:

  • 2 ½ xícaras (chá) de grão de bico cozido e com a água do cozimento
  • 1 ovo batido
  • Temperos a gosto (sal, pimenta do reino, salsinha)
  • 1 colher (chá) de fermento em pó

Modo de Preparo da Massa:

Deixe aproximadamente 200g de grão de bico de molho em água na geladeira de um dia para o outro (8 a 12 horas). Despreze essa água e cozinhe em nova água, suficiente para cobrir, por 15 minutos em panela de pressão. Essa quantidade irá render aproximadamente 2 ½ xícaras quando cozida. Coloque as 2 ½ xícaras de grão de bico junto com água do cozimento no liquidificador e bata com o ovo batido e os temperos. Coloque o fermento em pó e misture com uma colher.

Ingredientes do Recheio:

  • Azeite a gosto
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 tomate picado
  • 3 colheres (sopa) de tomate pelado (com o molhinho que vem na lata)
  • Temperos a gosto

Modo de Preparo do Recheio:

Refogue no azeite a cebola e alho e acrescente os demais ingredientes. Deixei refogar por aproximadamente 15 minutos.

Montagem da Torta: Numa forma untada, coloque uma camada de massa, uma de recheio e para cobrir mais uma de massa. Leve ao forno pré-aquecido a 230º por 20 minutos.

Por: Bruna Diniz, Nutricionista, CRN-3 45820/P.

Publicado em Deixe um comentário

INCHAÇO? NÃO MAIS!

O tratamento contra o câncer tem alguns efeitos colaterais, que variam de pessoa para pessoa. Muitas Cats que conheço falam do tal inchaço, o acúmulo de líquido no corpo. Normalmente o que mais incha é a perna, mas pode acontecer na mão, braço, no rosto, ou seja, no corpo todo.

Aí claro, vem aquele sensação de peso, diminuição da flexibilidade das articulações e tudo mais. Sensações não muito gostosas né? Além do mais, a gente vai usar aquela roupa que gostamos e adivinha: não está mais servindo! Como diminuir esse inchaço?

  • Reduza o sal na alimentação! Cuidado com a alimentação, principalmente se for comer fora de casa.
  • Nada de refrigerantes, hein?
  • Eleve a área inchada quando está sentada ou deitada.
  • Meia de compressão é uma alternativa? Já experimentaram?
  • Tem gente que pensa que como inchaço é líquido retido, tem que parar de tomar água. Nada disso, não deixe de tomar água (só se seu médico indicar, claro).
  • Faça exercícios físicos para ativar a circulação
  • Aposte nos diuréticos: kiwi, alface, melancia, manga, melão, capim-cidreira, salsinha, alcachofra, água de coco e pera.
  • Converse com seu médico!!

Dicas de águas detox:

Alguns ingredientes, ao serem adicionados à água mineral, potencializam seu poder desintoxicador e de hidratação. As profissionais listaram os mais utilizados e explicam o papel de cada um deles:

  • Pepino: possui calorias imperceptíveis, é diurético e ajuda a rejuvenescer a pele.
  • Limão: rico em vitamina C, o limão ajuda a eliminar toxinas, podendo juntamente à uma redução alimentar, diminuir o inchaço de uma forma geral.
  • Gengibre: é termogênico e anti-inflamatório, ou seja , ajuda a queimar gorduras com mais facilidade e melhora a qualidade de pele.
  • Manjericão: é rico em vitamina A e antioxidante. O manjericão combate os radicais livres e auxilia em retardar o envelhecimento da pele.
  • Hortelã: maravilhosa para digestão, a hortelã combate a ansiedade e o stress. Ótimo para quem está iniciando as mudanças de hábitos pois ele ajuda no controle para compulsão alimentar.
  • Maracujá: rico em vitamina C, vitaminas do complexo B e vitamina A, o maracujá atua na síntese de proteína, é um protetor natural da pele e visão, ainda é rico em fibras e auxilia no emagrecimento.
  • Erva Cidreira: a erva cidreira auxilia na digestão ajudando a diminuir a barriguinha em casos de problemas como má digestão, além de ser um calmante natural, auxiliando no controle da ansiedade.
  • Alecrim: anti-inflamatório, possui poder antioxidante, diurético e também atua como coadjuvante em acalmar todo o trato digestório.

Fonte: Dicas de Mulher