Publicado em Deixe um comentário

Receitinhas da Semana: Cuscuz de Frango

?
?

Bom dia, Cats!  Essa sexta-feira temos a última receitinha da semana vinda diretamente do Livro de Receitas da A.C.Camargo Cancer Center, sessão “Quimioterapia e Radioterapia”. O cuscuz é indicado especialmente para quem tem feridas na boca e dificuldades para engolir os alimentos, devido aos efeitos colaterais do tratamento de câncer, porque tem uma textura macia e é rico em proteínas, grandes auxiliadoras na cicatrização de feridas. 

?

Cuscuz de Frango 

Ingredientes

?
?
?
?

– 6 xícaras (chá) de farinha de milho 
– ½ xícara (chá) de farinha de mandioca
– ½ xícara (chá) de óleo
– 1 cebola média picada
– 1 dente de alho picado
– 1 ½ xícaras (chá) molho de tomate 
– 3 xícaras (chá) de água 
– 300g de ervilha
– 1 vidro de palmito picado
– ½ xícara (chá) de azeitonas verdes picadas
– 300g frango cozido em cubos pequenos
– Salsinha, cebolinha e sal a gosto
– Óleo para untar a forma

Modo de preparo

Misture as farinhas em um recipiente e reserve. Em uma panela refogue o alho e a cebola, acrescente o molho de tomate, a água, a ervilha, o palmito, a azeitona, o frango, a salsinha, a cebolinha e o sal. Assim que ferver acrescente aos poucos as farinhas, mexa sempre até engrossar e soltar do fundo da panela. Para montar o cuscuz, unte com óleo o fundo e as laterais de uma forma grande para pudim. Espere esfriar e desenforme. Pode ser servido frio ou morno.

Rendimento: 12 porções
Valor calórico por porção: 163 kcal

Publicado em Deixe um comentário

Receitinhas da Semana: Massa de Pizza com Farinha de Linhaça

?

Bom dia, Cats!  Hoje temos mais uma receitinha para vocês em parceria com a A.C.Camargo Cancer Center – Livro de Receitas (seção “Como Enriquecer Os Alimentos”). Pizza é muito bom, né? Ainda mais se for feita com linhaça, que é uma semente super nutritiva, cheia de fibras e ômega 3, sendo um antioxidante capaz de reduzir o excesso de radicais livres que podem danificar células sadias, dando uma força para o tratamento do câncer.

Massa de Pizza com Farinha de Linhaça 

Ingredientes:

– 1 xícara de água morna 
– ½ colher de chá de açúcar
– 2 ½ colher de chá de fermento seco
– 1 colher de sopa de azeite
– 1 ½ xícara de farinha de trigo
– 1 xícara de farinha de linhaça
– 2 colheres de chá de sal grosso

Modo de preparo:

Coloque a água morna e o fermento no recipiente da batedeira. Depois de 5 minutos, misture o azeite, o sal, as farinhas e o açúcar. Sove ou bata com o ganho para massas pesadas até ficar elástica e macia. Deixe descansar e crescer por aproximadamente uma hora. Depois é só abrir em forma de disco e rechear a gosto.

?

Rendimento: 8 porções 

Publicado em Deixe um comentário

COMIDINHAS DELICIOSAS E SAUDÁVEIS

Wrap de Frango:

Um jantar leve, prático e saboroso. E ainda dá para reaproveitar o filé de frango que sobrou do almoço. Confira como faz aqui.

Salada de feijão preto

O feijão preto é rico em proteínas, carboidratos e fibras e muitos nutricionistas indicam consumi-lo durante a noite. O feijão preto está com a batata doce buscando reconhecimento.

Esta receita é do tipo “pique tudo e misture”. Confira todos os ingredientes aqui.

Caldo de mandioquinha com carne moída e salsinha

Faça um caldo de mandioquinha e finalize com um algumas colheres de carne moída bem temperada e salsinha. Vai ficar ainda mais saboroso, indicadíssimo para os dias mais frios. Aprenda a fazer aqui.

Salada de espinafre, morangos e abacate

Ou avocado, se você preferir. Aproveite a época de morangos e sinta-se riquíssimo comendo esta salada.

Misture todos os ingredientes e tempere com sal, azeite, limão, mel e vinagre.

Fonte: https://www.buzzfeed.com/manuelabarem/15-receitas-deliciosas-e-saudaveis-que-voce-precisa-cozinhar?utm_term=.htRZW4E0G#.lmADEvqGZ

Publicado em Deixe um comentário

ALIMENTAÇÃO TEM PAPEL FUNDAMENTAL NA PREVENÇÃO DO CÂNCER

O câncer é hoje a segunda causa de mortes no Brasil e no mundo, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2030, pode-se esperar 27 milhões de novos casos da doença, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas com a enfermidade. Prevenção e detecção precoce são questões primordiais, principalmente quando se considera que cerca de 85% dos cânceres são considerados evitáveis.

Na semana em que se comemora o Dia Mundial do Câncer, celebrado neste sábado (4/2) que neste ano alerta para o câncer infanto-juvenil, o cancerologista Robson Moura, presidente da Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC) ressalta que determinados fatores da dieta, como ingestão de alimentos processados e gordurosos, obesidade, sedentarismo, tabagismo e uso abusivo de álcool são responsáveis por aproximadamente 30% dos cânceres em países desenvolvidos. “Estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS) evidenciam que uma dieta balanceada, desde a infância, à base de frutas, legumes e grãos integrais, por exemplo, pode prevenir metade das mortes por doenças cardiovasculares e 1/3 das causas por câncer”, destaca.

Fatores protetores dos alimentos

O American Institute for Cancer Research (AICR), um dos mais importantes institutos de pesquisa sobre o câncer dos Estados Unidos, recomenda que 2/3 do prato sejam preenchidos com alimentos considerados “anticâncer”, ou seja, aqueles ricos em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, como grãos integrais, leguminosas, vegetais e muitas frutas. “Uma alimentação pobre em alimentos ultraprocessados, como aquelas prontas para consumo e bebidas açucaradas é capaz de prevenir de 3 a 4 milhões de casos novos de câncer a cada ano no mundo. Cuidar da alimentação, praticar atividade física e buscar manter o peso adequado é essencial para prevenir a incidência da doença”, comenta Dr. Moura.

Os campeões “anticâncer”

De acordo com Dr. Moura, o ponto-chave de uma dieta “anticâncer” é a sinergia de compostos que trabalham em conjunto no organismo para oferecer proteção para as células saudáveis contra o desenvolvimento do câncer. Há uma extensa lista de alimentos considerados “anticâncer”. Confira alguns e inclua em sua dieta diária.

· Frutas e vegetais – maça, uva, brócolis, couve, e outros vegetais folhosos verde-escuros ajudam na proteção para os cânceres de pulmão, cólon, mama, próstata, boca e estômago;

· Fibras – arroz integral, abóbora, chia, aveia crua são protetores para o câncer do intestino grosso;

· Legumes e grãos – tomate, feijões, ervilhas, lentilhas ajudam na prevenção do câncer de estômago e pâncreas

Fonte: Notícias ao Minuto

Publicado em Deixe um comentário

OS BENEFÍCIOS DO AÇAÍ

Não sei vocês Cats, mas eu sou fã assumida do açaí. Apesar de ser conhecido por ser bem calórico, ele é esquecido pelos seus tantos nutrientes. Típico brasileiro, é rico em proteínas, contém também fibras, lipídios, fósforo, magnésio, manganês, ferro e cálcio, e uma boa quantidade de vitaminas B1, B2 e C. Uma curiosidade é que ele é consumido como prato doce ou salgado.

Com tudo isso, podemos dizer que o açaí é um verdadeiro aliado da boa saúde. Confira:

Redução do colesterol:
 possuindo gorduras boas para o organismo, as vegetais, o consumo de açaí pode reduzir o colesterol ruim e melhorar a circulação sanguínea. Mesmo que você consuma alguma gordura animal além da conta, o açaí consegue reduzir os índices de colesterol.

Previne doenças cardiovasculares:
 o consumo de açaí protege os vasos sanguíneos contra a aterosclerose, que é o endurecimento das artérias. Aliado à redução do colesterol, esse benefício propicia a saúde do sistema cardiovascular, reduzindo os riscos de derrames, infartos e outros problemas ligados à circulação.

Proteção anti-inflamatória:
 asmas e doenças autoimunes podem ser combatidas com o consumo de açaí. As inflamações e suas consequentes dores também podem ser combatidas, sem qualquer efeito colateral proporcionado por medicamentos.

Prevenção do câncer:
 possuindo antocianinas, que é um tipo de antioxidante, o açaí também protege o organismo contra o surgimento de diversos tipos de câncer. As antocianinas estão presentes nas bagas do açaí e são elas que dão as cores fortes do fruto.

Combate os radicais livres:
 o efeito antioxidante do açaí promove um verdadeiro combate aos radicais livres, o que melhora o metabolismo e aumenta a imunidade.

Reduz o envelhecimento:
 combatendo radicais livres, aumentando a imunidade e reduzindo o risco de doenças, o açaí também protege as células contra o envelhecimento e a sua degeneração, o que ajuda a manter o corpo saudável e, principalmente, mais jovem do que a idade poderia aparentar.

Melhora a digestão:
 como é rico em fibras, o açaí ajuda no trato digestivo, proporcionando um funcionamento bem melhor dos intestinos, aglutinando as gorduras em excesso e eliminando-as do corpo.

Fortalece os ossos:
 como também possui muito cálcio, o açaí contribui para a formação dos ossos e melhora também a dentição. Esse fator faz com que seja recomendado até para crianças.

Combate as cãibras:
 o potássio existente no açaí é maior do que nas bananas, nossa principal fonte de potássio, o que reduz em muito as cãibras resultantes de muita atividade e pouca hidratação.

É importante que o açaí a ser consumido seja de qualidade, que sua procedência seja de confiança. Ahh, e claro, para o melhor consumo, o ideal é que não acrescentemos açúcar, leite condensado ou afins. Frutas acompanham bem! Sou fã do morango com açaí, hmmmmmm!

E então? Nesse calor, vai um açaí aí?

Fonte:(Vida Saudável)

Publicado em Deixe um comentário

7 ALIMENTOS QUE NOS DEIXAM MAIS FELIZ

Vocês já ouviram falar na serotonina? A serotonina é um neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, com isso alivia depressão e ansiedade. Ele atua no cérebro e regula humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, temperatura corporal, sensibilidade a dor, movimentos e as funções intelectuais. Muitas funções né? Alimentos que estimulam a liberação deste neurotransmissor nos ajudam a ter dias mais felizes, mais leves e mais gostosos. Confira a lista desses 7 alimentos que nos fazem mais felizes:

1) Banana

A fruta é rica em triptofano ( cada 100g da banana contém em média 18mg de triptofano), que é uma substância precursora da serotonina.

2) Lentilha

É rica em cálcio e ajuda a manter o intestino saudável. O curioso é que a serotonina é mais produzida pelo intestino, do que pelo cérebro.

3) Canela

A canela é uma aliada para quem quer emagrecer. Ela colabora para evitar o sobrepeso e o acúmulo de gorduras na região abdominal e mantém a produção de serotonina em equilíbrio.

4) Mel

Possui triptofano e também ajuda em manter o intestino saudável também.

5) Nozes

Além de estimular a produção de serotonina, a noz é uma oleaginosa que ajuda a memória!

6) Chocolate amargo

O chocolate amargo contém resveratrol, que aumenta os níveis de endorfina e serotonina. Lembre-se de escolher chocolate amargo ao invés de chocolate ao leite, pois este último contém menos cacau. Além disso, o chocolate amargo é mais saudável por ter menos açúcar.

7) Tofu

Importante fonte de magnésio mineral que atua na regulação do metabolismo cerebral e participa da metabolização de alguns aminoácidos.

O cálcio, magnésio e triptofano que são substâncias que ajudam na formação da serotonina.

Fonte: Tua SaúdeMinha Vida

Publicado em Deixe um comentário

AFINAL, SALMÃO É BOM OU NÃO?

O salmão, peixe tão presente no cardápio de pessoas com estilo de vida saudável, recentemente não está com essa moral toda. Sempre ouvi falar bem, ouvia que salmão tem ômega 3 e que era ótimo para o corpo. Mas de acordo com o oncologista Dr David Khayat, autor do livro “A Verdadeira Dieta anticâncer”, o salmão deve ser evitado.  Segundo ele, o salmão tem alta concentração de metais pesados como o arsênio, chumbo, mercúrio e cádmio.

Ainda sobre o assunto, temos essa entrevista do ESTADÃO com a nutricionista Dania Sanchez:

Pesquisa recente mostra que o salmão é um peixe com muitos metais pesados, e que pode provar uma série de doenças, inclusive fatais. O que fazer? O salmão deve ser substituído por outro tipo de peixe?

Dania – O salmão criado em cativeiro, isto é, em fazendas de salmão, é infelizmente a grande parte do salmão disponível no Brasil. Eles são alimentados com ração de milho e soja transgênica, muitas vezes com excesso de antibióticos e drogas que poluem as águas e envenenam outros peixes. O salmão selvagem, ou seja, que não é criado em cativeiro, é excelente. Minha recomendação é o consumo eventual do salmão, principalmente se for inviável o consumo do “salmão selvagem”. Recomendo priorizar o consumo de outras fontes protéicas, como o de animais que tenham sido criados soltos, e não em cativeiro ou à base de ração. Bons exemplos são a galinha caipira e a própria carne vermelha. No Brasil, a grande maioria dos bois ainda é de criação solta, a pasto, e não confinada. Outros peixes como linguado, arenque e sardinha, que não apresentem maiores riscos de contaminação, também são boas opções.

Peixe, de uma forma geral, em um mar com risco de contaminação, como vimos com a tragédia de Mariana, não é um risco à saúde, apesar de ser uma proteína indicada por nutricionistas?

Dania – Em situação específica como a mencionada, sim. Nesses casos, como já citei acima, recomendo o consumo de outras carnes de animais que tenham sido criados soltos, e não em cativeiro ou à base de ração, como a galinha caipira, o próprio boi e outras fontes protéicas de origem vegetal.

Como fazer para se livrar de alimentos tóxicos? Até as folhas de uma salada podem representar um risco? Qual a dica para quem come fora de casa?

Dania – Comida boa mesmo é a comidinha de casa, aquela que você sabe exatamente de onde vem (porque foi comprada por você) e sabe muito bem como e com quais ingredientes foi feita. Mas, se formos comer fora, precisamos conhecer muito bem os lugares onde vamos comer. Dê preferência àqueles que priorizem alimentos orgânicos e não utilizem temperos industrializados, principalmente à base de glutamato monossódico. Precisamos dar preferência à uma alimentação isenta de agrotóxicos, ingredientes refinados e artificias, e tentar consumir uma alimentação mais natural, rica em nutrientes, que os ganhos na saúde serão imensuráveis.

Qual a frequência ideal de consumo semanal de peixes, frangos e carnes vermelhas?

Dania – A quantidade de carne que devemos consumir para manter a saúde varia de indivíduo para indivíduo. Existem fontes proteicas de origem vegetal que podem perfeitamente complementar ou substituir proteínas de origem animal. Para adequações de quantidades e fontes, procure ajuda profissional.

O ovo já esteve condenado. As carnes vermelhas também. Seria agora a vez do salmão estar no banco dos réus?

Dania – O consumo de peixe pode ser muito bom, mas desde que tenham sido pescados e não criados em fazendas de peixes, como é o caso do salmão, truta e tilápia, por exemplo. Além disso, é importante considerar a contaminação de muitas águas pelo mercúrio antes de se recomendar o consumo liberal do peixe. Quanto ao ovo e carne de frango/galinha genuinamente caipira, recomendo o consumo tanto da carne como dos ovos, com muita segurança.

Se todos os alimentos podem oferecer algum risco, qual a dica para quem quer comer melhor e busca uma alimentação mais equilibrada?

Dania – Sugiro priorizar uma alimentação mais tradicional, rica em nutrientes. Comida simples e verdadeira como arroz, feijão, carne e salada. Recomendo também aumentar o consumo de frutas, raízes, castanhas e outros alimentos esquecidos no dia-a-dia da família brasileira. Sugiro evitar ingredientes artificiais como o glutamato monossódico (presente em vários temperos que realçam o sabor da comida), adoçantes artificiais, frutose refinada (presente em vários biscoitinhos e suquinhos), nitritos, sulfitos e outros, além de corantes, estabilizantes , emulsificantes e aromatizantes artificiais. Evitar o consumo regular de alimentos refinados (ex: sal, óleo, açúcar e farinha). Outra dica é fugir dos produtos com baixo teores de gordura, pois na gordura de animais criados nas condições favoráveis encontram-se muitos nutrientes essenciais à nossa saúde.

Fonte: G1Estadão

Publicado em Deixe um comentário

DEZEMBRO, BEM VINDO!

E chegamos ao começo de dezembro. Como foi o ano de 2015 para vocês? Espero que apesar dos sustos, medos e dificuldades, tenha apresentado muitos momentos de luz e alegria para todas vocês!

Nesse finalzinho de ano é importante não deixar os cuidados de lado! Logo logo vem o Natal, vem o Reveillon e não deixe de comemorar! Comemore muito! Mas não esqueça de seus cuidados básicos:

  • Vai viajar? Pergunte ao seu médico se está tudo bem, se ele tem alguma recomendação. Se tomar alguma medicação, leve! Nunca deixe de tomar!
  • Procure lugares que tenham boa infraestrutura médica, caso necessário. Leve com você cópias de seus exames mais recentes e uma carta de seu médico descrevendo diagnóstico e tratamento.
  • Viaje com uma companhia.
  • Se a viagem for muito longa, não fique apenas sentado, faça alguns intervalos para andar e ativar a circulação.
  • Não vai viajar? Mesmo assim não deixe de comemorar. Comemorar faz bem.
  • Vai aproveitar o verão? Pode! Se joga! Mas cuidado com o sol. Passe protetor solar, e se estiver carequinha, procure usar lenços ou chapéis como proteção.
  • Alimentação: Ah, com certeza essa época é recheada das delícias! Mas cuidados não extrapolar no açúcar! Procure não mudar demais sua alimentação, sua rotina.
  • Se está acostumada com exercícios, procure não parar. Faça uma caminhada logo de manhã, por exemplo.
  • Sabemos que aqui no Brasil, o final do ano é bem quente. Então não fique sem tomar água! Tome no mínimo 2L por dia para que seu corpo funcione direitinho.
Publicado em Deixe um comentário

ALIMENTOS BOM PARA A PELE

Com essa mudança de tempo, essa transição para o verão é preciso mais do que nunca cuidar da pele  principalmente quem está passando por quimioterapia. Nosso corpo sente todos os reflexos do ambiente exterior, e tem tantos componentes que podemos usar para cuidar da gente! Vejam alguns alimentos que são ótimos para a pele:

Abacate: a fruta é repleta de óleos essenciais e vitaminas do complexo B. Uma delas em especial, a B3 ou niacina, faz bem à pele. Uma unidade de abacate contém cerca de 27% da necessidade diária da substância.

Manga: o fruto tropical fornece mais de 80% da necessidade diária de vitamina A, fundamental para a boa saúde da pele. O elemento ajuda na renovação celular e evita ressecamento da pele.

Amêndoas: faz bem à saúde dos olhos e da pele. São ricas em vitamina E e uma porção oferece mais de 50% da necessidade diária. Essa vitamina ajuda a prevenir o envelhecimento precoce.

Queijo tipo cottage: laticínios contêm cálcio, que fazem bem aos ossos. Mas é o selênio contido nessa versão do queijo que combate os radicais livres, ajudando a prevenir o envelhecimento.

Acerola: poderosas aliadas contra o envelhecimento precoce, as frutinhas fornecem a quantidade total de vitamina C necessária para um dia. Previne contra danos e rugas precoces e ajuda na produção de colágeno.

Ostras: ricas em zinco, ajudam a manter a pele livre de acne e auxiliam na produção de elastina, a proteína que mantém a elasticidade do órgão.

Batatas assadas: uma batata assada, com a casca mesmo, fornece cerca de 75% na necessidade diária de cobre, mineral que, em parceria com a vitamina C e o zinco, produz elastina. A deficiência do mineral deixa a pele rígida e sem vida.

Cogumelos: oferecem boas quantidades de vitamina B, a riboflavina, que é responsável pela manutenção e reparação da pele, evitando problemas como a rosácea, por exemplo.

Linhaça: as sementes estão entre as principais fornecedoras de ômega 3, uma gordura essencial e que mantém a pele saudável.

Gérmen de trigo: o embrião do trigo, que surge quando a planta começa a brotar, oferece boas quantidades de vitamina B, fornecedora de biotina, vital para a saúde da pele.

Ah, e não esqueçam: beber água também ajuda pele! A água é essencial para o bom funcionamento do corpo todo! E quando sair, durante o dia, use protetor solar (por mais que o sol não esteja forte).

Fonte: Terra