Publicado em Deixe um comentário

Simplesmente viva

Eu li um livro que achei bastante interessante, e quero passar para vocês as ideias do autor que abordam o assunto felicidade por um prisma muito diferente do que nos acostumamos a ouvir até então.

O livro é best seller no Brasil e em outros países e tem um título bem inusitado e questionador: “A sutil arte de ligar o “foda-se”, de Mark Manson.

Ele orienta a buscarmos um novo olhar para a nossa vida, mais coerente com a realidade, encarando nossas limitações, aceitando nossas falhas, nossas dificuldades, aprendendo a viver com elas, reconhecendo que somos assim e que não adianta passar a vida fingindo não vê-las.

Temos que nos aceitar, com nossos medos, defeitos, incertezas, limitações, pois a partir do momento que passamos a enfrentar e encarar essas verdades mais dolorosas, nos abrimos para encontrar coragem, perseverança, entusiasmo, e daí quem sabe construir uma vida melhor.

Sou assim e pronto, “foda-se o resto”, não vou sofrer por isso, mas vou aceitar e ver quais são as minhas alternativas…

Ele cita Albert Camus que diz: “Você nunca será feliz se insistir em tentar descobrir o que é a felicidade. Você nunca viverá verdadeiramente se estiver procurando o sentido da vida. ”

Simplesmente viva!

As pessoas passam a vida sonhando com a casa de praia, com o carro espetacular, a viagem maravilhosa para lugares paradisíacos, o corpo de atleta e daí por diante…não quer dizer que nada mais importa, mas sim que devo me importar menos, e viver a vida que eu tenho, pois, as vezes até mesmo a pessoa menos empenhada pode se dar melhor, já perceberam isso? Já
repararam que as vezes quando você para de se importar tanto, tudo começa a entrar nos eixos?

“Tudo o que vale a pena na vida só é obtido ao superar o sentimento negativo associado a ele. Evitar o sofrimento é uma forma de sofrimento, evitar dificuldades é uma dificuldade, negar o fracasso é fracassar, esconder o que é vergonhoso é, em si, causa de vergonha.”.

Tentar arrancar o sofrimento é impossível, o esforço para evitar é dar atenção demais a ele. E o que o autor recomenda é que deve-se ligar o “foda-se” e então nos tornaremos mais fortes… dar menor importância, deixar rolar o que é inevitável e aos poucos a pessoa torna-se mais resistente e capaz de encontrar outras saídas…

Enfim, essa é a ideia do livro, que eu quis mostrar a vocês, pois trata-se de uma leitura instigante e provocativa.

Um grande abraço a todas! Logo voltaremos aos nossos encontros semanais.

Publicado em Deixe um comentário

Escolhas da vida

Olá queridas Cats! Estou de volta!

Há uma frase que diz: “você não pode mudar o mundo, tem apenas que fazer o que pode”!

Mas acredito que não seja bem assim…”e a todo momento estamos mudando o mundo, na medida que mudados algo em nós mesmos”, como diz a Anna Sharp em seu livro: A vida tende a dar certo.

Vamos vivendo e aprendendo com as nossas escolhas, vamos moldando nossos sentimentos, nossos valores, e a nossa forma de enxergar o mundo.

Vamos aprendendo até mesmo a dar menos valor à nossa aparência física e mais ao que podemos fazer pelas pessoas à nossa volta e como podemos transmitir mais amor aos nossos semelhantes. Fica a certeza de que a nossa vontade é muito maior do que as nossas limitações determinadas por nossos sistemas de crenças.

Podemos descobrir novos talentos, nunca antes imaginados, e a partir daí quem sabe, novas realizações na nossa vida, tanto pessoal quanto profissional.

O que temos que fazer é nos libertar da inércia, das barreiras dos nossos sistemas de crenças, dos nossos apegos e medos.

É preciso ousar para poder descobrir do que somos capazes, temos que caminhar para a frente, testar novas possibilidades, acreditar que o futuro é a gente quem faz!

E dessa forma, vamos nos manifestando e mudando o mundo, com certeza para bem melhor!

Um abraço a todas vocês minhas queridas, fiquem bem e sejam felizes!

Publicado em Deixe um comentário

A vida segue! A forma como você a encara é que pode fazer a diferença por Rafaela Mendes

❤

Cats queridas, a nossa colunista Rafaela Mendes, fundadora do Projeto Onncovida, nos traz esse texto com dicas gerais de como se sentir melhor com você mesma diariamente. 

A vida segue! A forma como você a encara é que pode fazer a diferença

Oi meninas. Aqui é a Rafaela Mendes mais uma vez com vocês. Adoro escrever para vocês, compartilhar minhas experiências no Projeto Onncovida e saber que, de alguma forma, as breves palavras que escrevo podem ajudar de algum modo.
Hoje quero falar para você, mulher, paciente oncológica, que recebeu o diagnóstico recentemente ou não…imagino o que está se passando na sua cabeça…você que é mãe, esposa, filha, empreendedora, amiga, colega…
As dificuldades vão surgir, mas a forma como você as encara é que podem mudar todo o caminho.
Hoje vou dar algumas dicas gerais, para ajudar no percurso:
1. Reflita o que faz você feliz e porquê. Faça uma listinha…quando você olhar para a folha que escreveu, você vai ver que existe muita coisa que você adora na sua vida…fique com essa folha grudadinha em você.
2. Use roupas de algodão…fresquinhas e que a pele consiga respirar.
3. Cor…muita cor!!! O que você gostar…use e abuse!!!  (ah, e sabe aqueles dias do bicho ruim, que a gente tá mais tristinha?? ABUSE AINDA MAIS EM VESTIR ROUPA COLORIDA!)
4. SE ame….é tão bom quando a gente se consegue amar! Eu sei que não é fácil, mas a verdade é que é possível, e só você consegue fazer isso….se cuide, hidrate sua pele, faça uma maquiagem leve – nos dias de hoje tem produtos orgânicos e veganos que não agridem a pele, são super naturais, e além de valorizar o seu rosto ainda cuidam dele.
Um dia alguma das minhas meninas me falou assim:” Rafa, eu não sou assim, eu estou passando por este momento!”, e é isso mesmo, você não é aquele momento, você está passando por ele.

Publicado em Deixe um comentário

Você pode mudar sua visão – Seu foco de VIDA por Rafaela Mendes

?
❤

Cats,  esse novo texto da nossa colunista Rafaela Mendes, fundadora do Onncovida, traz uma novidade sobre a vida dela e a percepção que ela teve das Cats nesse projeto incrível. 

Você pode mudar sua visão – Seu foco de VIDA

?

Minhas lindas leitoras, já faz um tempo que eu não escrevo pra vocês. Mas hoje consegui
um tempinho especialmente para vocês. E quero compartilhar algumas coisas com vocês.
A primeira é que vou me mudar para o meu País. Vivo no Brasil há sete anos, mas agora vou
voltar para Portugal. Mas, gente…não vou esquecer o Brasil nunca! Foi aqui que
consegui ter o impulso de mudar a minha vida, tanto pessoal quanto profissional. Foi aqui
que consegui criar e desenvolver o Projeto da Onncovida…então levarei o Brasil em um
cantinho muito especial do meu coração. E estou procurando soluções para
desenvolver o projeto Online, mas ainda está em estudo. 
Outra coisa que quero partilhar com vocês é que ao longo das turmas que fiz da
Onncovida, algo tem me chamado muito a atenção e quero falar para vocês. Sinto que
quando as mulheres chegam no nosso primeiro encontro do curso estão muito
desconfiadas, fechadas e infelizes com elas mesmas (e muitas das vezes a
causa principal não é a doença).
E ao longo dos encontros algo que repito muito é a importância de cada uma
conhecer o seu “eu” interior – se abrir honestamente para si mesma. E gente, de
verdade, não adianta vestir o corpo com a melhor roupa, usar jóias caras, rir toda
hora e querer ser “firme”, se por dentro você está chorando e o seu interior está num
vazio que sempre ecoa. Conhecer o seu interior é essencial em todo o processo
oncológico. Ter uma base de vida forte e sólida, pode ser significativo durante os
procedimentos – A força de querer viver, a coragem, e a FÉ. Acreditar! Mas Rafa,
como consigo isso? Uma base sólida se constrói com 3 palavras: AMOR, GRATIDÃO E
PERDÃO! O amor a gente até tem, e a gratidão a gente aprende facilmente…o bicho
pega é no perdão. Se perdoar e perdoar o outro não é fácil, mas é possível – sem culpa
e sem barreiras. É possível, é importante e é essencial para você se limpar de
sentimentos menos bons. E quando você experimenta…é maravilhoso e pode confiar
em mim, eu sei do que eu estou falando! 

Publicado em Deixe um comentário

A vida é uma troca por Dra. Fabiola La Torre

Cats queridas, a nossa parceira Cat Master, médica e escritora, Fabiola La Torre – de médica à paciente. Drafabiolalatorre.com, traz esse lindo depoimento sobre sua experiência de luta contra o câncer e todo o seu aprendizado com essa experiência! 

?
?
?

 “A foto à esquerda foi tirada exatamente há 2 anos atrás, e a foto à direita é como eu me pareço agora….A quimioterapia tomou muito de mim. Um pouco da minha força física, meus cabelos, minhas sobrancelhas, meus cílios e meu tempo no sol no verão. Ela tentou me causar olheiras, mas eu usei e abusei da minha dermatologista @clinicadanielapellegrino e da maquiagem 

?

para não permitir isso. Aliás, esse foi um ponto positivo dela : fiquei craque na make.Eu olho para esta foto e não posso deixar de me sentir a pessoa mais sortuda do planeta….Eu me lembro do que a quimioterapia e toda essa jornada do câncer me deram e meu coração pulsa forte. Esta jornada me deu uma perspectiva por cada momento que tenho nesta Terra….A Fabíola de 40 anos de idade à esquerda tinha algo a ensinar para a Fabíola que viveria após os 42 anos. Ela precisava ensinar que o mundo é lhennnnndo, mas a seleção é necessária. Seleção de amigos, que na verdade não são amigos. Seleção de empregos, que não sua razão de vida, mas apenas uma ponte para que possamos chegar onde realmente é o nosso lugar. E precisava me mostrar que apesar de tentar acertar, erramos. E os tropeços servem de exemplo para muitos e para nós mesmas. E embora um dia minha aparência possa ter parecido cansada e doente, as coisas que cresceram na minha alma, por mais que nunca possam ser vistas em uma foto, são lindas. Por tudo isso, sou eternamente grata… Em resumo, a quimio tomou muito de mim, mas me devolveu muito em troca. A vida é uma troca. Não desista, você sempre será a inspiração de alguém!!!!”

Publicado em Deixe um comentário

A cor na vida por Rafaela Mendes

?
?

Olá Cats!  Essa reflexão da nossa querida Rafaela Mendes, visagista, consultora de Imagem/valorização pessoal e fundadora do Onncovida – Um amor que Transforma, acerca da nossa relação com as cores e os sentimentos é muito válida para melhorar o nosso dia a dia!  Confiram!

“A cor na vida”
Meninas, adoro vir aqui falar com vocês, compartilhar conhecimentos, pensamentos e situações. E hoje quero trazer algo pra vocês que, antes de me tornar consultora de imagem e visagista, passava na minha vida despercebido e agora influencia muito meu bem estar interno. A Cor! A nossa vida é envolta por cor…em tudo – na decoração da nossa casa, na nossa roupa, acessórios, sapato, bolsa e em outras inúmeras coisas. A verdade é que as escolhas de cor que rodeiam a nossa vida só depende de nós. Não sei se vocês já repararam que nos dias “menos bons” temos tendência de vestirmos roupas mais neutras – o cinza, o preto, o bege. E quando estamos nos dias mais alegres, vestimos tranquilamente um verde, amarelo, azul, pink e por aí vai. Obviamente cada ser é único, mas na maioria das vezes isso acontece e tem uma comunicação associada a isso – nosso interior.
Proponho um desafio para vocês: nos dias “menos bons”, trabalhem o pensamento positivo, se policiem e usem suas roupas coloridas. Vocês vão ver que a cor por si só pode te ajudar a aliviar “o menos bom”.
A cor pode influenciar em nosso humor, segurança, amor próprio, autoestima…e é algo que está nas nossas mãos. Aliás, muita coisa está dentro de nós e tudo depende da forma como usamos as situações a nosso favor.

Publicado em Deixe um comentário

DEPOIS DA QUIMIOTERAPIA, SUZANA VIAJA COM MARCOS MION: “REAL MOTIVO É COMEMORAR A VIDA”

Seis dias após anunciar o fim das sessões de quimioterapia, em consequência de um câncer de mama, Suzana Gullo e Marcos Mion embarcaram numa viagem para a Europa. O objetivo do casal, além de fazer turismo, é visitar símbolos religiosos. “Essa é uma viagem de peregrinação. O real motivo é agradecer, rezar. comemorar a vida”, contou ele.

A primeira parada do casal foi Portugal, onde visitaram o Santuário de Fátima. “Coração sorrindo. Espírito em paz. Um cansaço no corpo, do dia puxado, mas que parece só complementar a energia indescritivelmente 100% positiva que esse lugar abençoado, hoje um santuário de peregrinação e oração, nos proporciona.”, escreveu o apresentador.

Depois de Portugal, Marcos Mion e Suzana Gullo seguiram para Lourdes, na França. A cidade foi cenário das visões de Bernadette e hoje é um dos principais santuários católicos do mundo. Por lá, o casal participou de uma procissão: “E eu achava que isso era coisa pra tia-avó sem muitas atividade social que sempre lembra de rezar por toda família e se junta a outras tias avós pra rezarem juntas andando! Kkkk! Mas foi indescritível! Quase um transe! Uma das movimentações mais lindas e intensas das quais já fiz parte! Recomendo”.

Marcos Mion publicou em seu facebook, no dia 20 de agosto, um texto escrito por Suzana Gullo, em que revelava ter encerrado o ciclo da quimioterapia para tratar um câncer de mama. Junto com as palavras dela, o apresentador afirmou que eles haviam vencido a luta contra a doença. ” Assim como milhares e milhares de mulheres, minha esposa Suzana, teve um diagnóstico de câncer de mama ao qual, com a orientação de grandes médicos, conseguimos agir rápido e vencemos”, escreveu ele, que ainda se declarou para a mulher. “Segue o texto que ela escreveu, dando esse passo à frente e me enchendo de orgulho. Você é a mulher mais incrível que já conheci, meu amor! Te amo”.

Leia o texto da Suzana na íntegra:
Querida amiga quimioterapia,

Enfim chegamos ao final do nosso íntimo relacionamento.
Obrigada por todos os benefícios que você me deu, obrigada por me acompanhar durante os últimos seis meses e me mostrar que o melhor de mim nem mesmo eu conhecia. Obrigada por me mostrar a força e a coragem que descobri ter, dia após dia. Obrigada por me ensinar que o cansaço exaustivo, o mal estar constante, enjoo, fadiga, dores que nunca imaginei, a rápida mudança de aparência, entre tantos outros, são fatores que se tornam tão pequenos, tão insignificantes perto dos valores e virtudes que passamos a apreciar. Sei bem que não sentirei saudades, mas me despeço com um profundo agradecimento.
Prometo sempre te defender acima de tudo e prometo sempre passar adiante um segredo que descobri sobre você. És muito mais eficiente e menos devastadora quando trabalha junto com a crença e a fé. Minha fé católica e a de todos que me querem bem me provaram isso sobre vc.
Meu Pai e Senhor, sem você nada somos. Minha luta foi e sempre será pela minha família, pelos meus amores… pela VIDA!! Sempre venceremos JUNTOS! Sem vocês, meus amores, essa caminhada não seria possível da forma como foi. Toda minha coragem, força e confiança vieram do meu Senhor, meu Deus e da minha família.
Então preciso agradecer em primeiro lugar a Jesus e à Nossa Senhora por estarem comigo em todos os momentos, me dando muita paz, serenidade e confiança. Mesmo quando fisicamente não tinha ninguém ao meu lado, sempre senti a presença deles e soube que estavam comigo.

Obrigada meus amores, meu MARIDO, meus médicos, meus filhos, minha mãe, meu pai, irmãos, cunhadas, meus sogros e amigos queridos que durante esse período foram o meu tudo! Minha base, força, alegria, confiança e serenidade.
O pior já passou, vencemos! Mas ainda não acabou o tratamento. Temos radioterapia pela frente, acompanhamentos, etc, mas é isso aí. Que venha! Tenho fé e confiança no caminho que Deus traçou pra mim. Só tenho que AGRADECER, principalmente pela descoberta precoce feita pelo meu marido que com certeza foi um sinal de Deus. Com Fé não nos falta nada.
Claro que receber um diagnóstico, ainda que precoce, de câncer de mama, não é fácil para nenhuma mulher. Ainda mais antes dos 40, que foi meu caso. Temos várias fases, o questionamento, a tristeza, medo, insatisfação, até que atingimos a aceitação. E com ela vem a coragem, a luta! Para mim, a fé foi e será sempre uma grande aliada. Agradeço todos os dias por ter Deus na minha família. Sempre deposito nele o meu caminhar! Assim como me ensinou meu diretor espiritual, um sacerdote, às vezes precisamos pedir os olhos de Deus emprestado, como fazia João Paulo II, quando passamos por tribulações que são difíceis de compreender. Os olhos de Deus nos mostram os porquês. Eu acredito que a cruz é o sinal de Cristo. Deixou de ser o símbolo do mal para ser o símbolo da VITÓRIA.
É muito bom poder falar sobre tudo isso, pois como diz o meu marido, tudo tem seu tempo e sinto que o meu foi agora. Nossa vida é feita de momentos, de alegrias, de tristezas, incertezas, felicidades. A vida nos apresenta muitos obstáculos, mas é nesse vai e vem que ela nos mostra que tudo tem um motivo para ser vivido, nada nos é dado sem que tenhamos condição de superação. É nas dificuldades e tb nas alegrias que, com a graça de Deus, tiramos força para nosso crescimento, evolução e sabedoria. E sabendo que nada é eterno, temos que buscar um equilíbrio na certeza que ” isso também passará”.
O câncer de mama precisa ser muito divulgado, é muito importante que todas as mulheres saibam da importância dos exames frequentes, do auto exame, mesmo antes dos 40 anos. Os maridos podem e devem ajudar. Preciso muito dizer que no meu caso, como já disse, quem descobriu foi o meu marido. Meu exame de rotina seria em novembro e olha quantos meses ele antecipou! 10 meses! Fez toda diferença, tendo em vista que meu tipo era de crescimento rápido. Sim, somos muito católicos e acredito que tenha sido um sinal de Deus, mas o que realmente importa é que os maridos podem ajudar! Afinal que marido não gosta de fazer uma vistoria nesse setor não é mesmo rsrsrsrs?
Sei que nem todas mulheres tem a sorte da descoberta precoce, então fica aqui o nosso apelo familiar, façam exames médicos de rotina, exames de auto toque e também exames de toque do marido! Um beijo,

Fonte: EXTRA

Publicado em Deixe um comentário

A VIDA E A ARTE DE TUNGA

Essa semana o Brasil encarou a notícia da morte do artista plástico Tunga. Nascido em 1952, na cidade de Palmares (PE), concluiu o curso de Arquitetura e Urbanismo no Rio de Janeiro em 1974, e foi no período como estudante que começou a exposição de suas obras. Em 1982 alcançou mundo afora: sua arte participou de exposição na Bienal de Veneza. E então sua vida foi cercada de arte, até que em 1990 ganha um prêmio por seu trabalho: o Prêmio Brasília de Artes Plásticas. As exposições e prêmios não pararam, ele chegou até a expor sob teto do famoso Louvre, em 2004.

Artista plástico, escultor, desenhista e performático, Tunga deixou suas marcas pelo mundo: ele espalhou sua cor e sua reflexão. Tunga morreu nessa semana com 64 anos. Ele estava em uma luta contra câncer, ficou internado em Campinas por 3 semanas.

Esse grande artista deixará saudade! Ficamos então aqui admirando suas obras.

“Sempre gostei de bagunça. Não de ordem nem desordem. Bagunça. O que tenho a mão vou mexendo até perder, pra depois achar de novo. Achando o que perdi acho o novo de novo, reencontro o novo no velho – é como a luz, a velha luz, descansada e sempre nova de novo” – Tunga

Publicado em Deixe um comentário

UMA VIAGEM DOS SONHOS

Quem leu meu livro sabe que quando eu morei nos Estados Unidos eu conheci o Ryan e me apaixonei! Ele é uma pessoa incrível, paciente, lindo, carinhoso… Tudo que eu sempre sonhei. Moramos juntos por 2 anos, e então eu fui deportada.  Foi uma bomba, claro!! Eu estava com a vida formada, um amor, um trabalho e de repente eu não tinha mais nada disso. Meu mundo desabou, meu chão sumiu. Então, infelizmente, nos afastamos com a distância.

Eu achei que aquilo fosse o ponto final. Sonhei com esse meu amor, e de repente não tinha mais. Como eu superaria? Como eu ficaria sem? Sabe desses amores loucos que mexem com todas as partes do seu corpo? Que revira sua cabeça completamente? Eu me convenci que final “felizes para sempre” não existia, porque o meu final feliz estava muito, muito distante.

Voltei para o Brasil e busquei tocar minha vida. Passaram 15 anos, com muitos acontecimentos: eu casei, divorciei, trabalhei, fiquei doente, passei pelo tratamento… Eu mudei, assim como ele, mas continuamos o contato (sei o telefone dele de cabeça!!) e a sintonia sempre se manteve. Ele continuou sendo meu parceiro, meu melhor amigo, meu amor.

Na minha última viagem de Portugal veio a luz: ele me chamou pelo Skype e disse que nós estávamos prontos. Como assim prontos? E foi então que entendi que sim, estávamos prontos para retomar. Sabe aquele ponto final? Ele nunca existiu! Era só uma vírgula. Ele ainda mora nos Estados Unidos e eu no Brasil, então a gente combinou um encontro na metade do caminho.

Mesmo depois de 17 anos, saber que eu reveria ele fez as borboletas voarem pelo meu estomago. Eu parecia uma adolescente de novo. Minha mão suada, minha cabeça imaginando como seria.  Hoje, eu sei que posso dizer que ele é o amor da minha vida e tenho a certeza disso!

A viagem foi assim: eu nos contos de fadas por alguns dias. Em Porto Vallas, no México, foi tudo incrível! Só ainda não sei se nós matamos a saudade ou só alimentamos ela – acho que fico com a segunda opção porque estar longe dele, me consome. Então já combinamos quando será nosso próximo encontro, nossa próxima “lua de mel”.

Planos? Continuar meu conto de fadas, e fazer o meu “feliz para sempre”. Por enquanto, não poderei sair do Brasil, mas o meu futuro promete com casamento, filhos, muito amor lá com meu príncipe.

Fotos: Flickr

Publicado em Deixe um comentário

EXAMES DE SANGUE SIMPLES PODEM PROLONGAR A VIDA

São raros, na medicina diagnóstica, exames tão simples e eficientes quanto os de sangue. Graças à evolução dos equipamentos e dos reagentes e aos avanços da biologia molecular, hoje os testes sanguíneos ajudam na prevenção e no tratamento de inúmeras doenças relacionadas à idade, como cardiopatias, câncer, diabetes, demência e outros transtornos psíquicos. Este ano, por exemplo, pesquisadores conseguiram pela primeira vez desenvolver exames para verificar a propensão a Alzheimer e comprovar o diagnóstico de depressão através de quantidades mínimas de sangue.
Veja cinco males do envelhecimento que podem ser evitados com testes sanguíneos:

  • Depressão
    O exame consiste na medição, através de amostras sanguíneas, de uma dezena de marcadores de RNA comuns a pacientes com depressão (as moléculas de RNA são mensageiros que levam as instruções para ativar ou não determinados genes). Pacientes depressivos apresentam altos níveis desses marcadores de RNA no exame de sangue. A novidade promete ajudar os médicos no difícil diagnóstico da depressão, que até agora era apenas subjetivo e levava em consideração o depoimento dos pacientes e sintomas como cansaço, alterações do peso e do sono.
  • Alzheimer
    Depois de um estudo com mais de mil pessoas, pesquisadores britânicos identificaram 16 proteínas no sangue que estão relacionadas ao aparecimento de Alzheimer. Essas proteínas estão fortemente ligadas ao encolhimento do cérebro em pacientes com séria deficiência cognitiva. O teste desenvolvido pelos cientistas detecta a existência dessas proteínas na corrente sanguínea. Pessoas com 10 dessas 16 proteínas no sangue têm chances de desenvolver Alzheimer em um período de até três anos.
  • Câncer
    Por meio de amostras de sangue, é possível determinar se há propensão genética a tipos de câncer. Os testes mais comuns são os que identificam os genes relacionados aos tumores de intestino e mama. Mulheres com alterações nos genes BRCA1 e BRCA2 têm até 80% de risco de desenvolver câncer de mama e 40% de ter câncer de ovário.
  • Cardiopatias
    O exame PCR ultrassensível mede as quantidades da proteína C reativa no sangue. Altos níveis indicam inflamações no organismo e riscos de enfartes e derrames. Ouro exame que pode detectar a inflamação das artérias é o PLAC, que mede na corrente sanguínea os níveis da enzima fosfolipase A2, ligada a processos inflamatórios.
  • Diabetes
    A glicemia em jejum serve para verificar se os níveis de açúcar no sangue estão baixos ou altos demais. Quando elevados, podem indicar diabetes. Outro teste sanguíneo para detecção da doença é o de hemoglobina glicada, através do qual se avalia as alterações nos níveis de açúcar ocorridas nos últimos três meses que antecedem a análise. Os níveis de hemoglobina glicada estão relacionados a complicações da diabetes, como enfartes, insuficiência renal e AVCs.

Fonte:(Estadão)